sexta-feira, 6 de novembro de 2009

LIÇÃO 6 - DAVI UNIFICA O REINO DE ISRAEL


.












LIÇÃO 6 – DAVI UNIFICA O REINO DE ISRAEL
Notas: Pr. Abílio Carlos dos Santos


Introdução:

Davi reinou quarenta anos em duas etapas: Em Hebron reinou sete anos e meio sobre a Tribo de Judá. E depois por mais 33 anos sobre as doze tribos.


Havia a profecia divina que prenunciava a Davi como rei de toda a nação hebraica e isto eram do conhecimento de todos, desde os mais simples e até os nobres. Saul sabia disso, e por isso mesmo a chegada de Davi ao trono foi marcada por grandes provações.

I – A MONARQUIA AMEAÇADA

Com a morte trágica do rei Saul, a monarquia estava ameaçada. Não havia união entre o povo. A desunião prevalecia.

Davi com certeza buscava em oração uma saída para a situação.

II – O REINO ABALADO

Após muitos anos de ausência, Davi retorna para Hebron, junto da Tribo de Judá. Vem com seus valentes e com seus familiares.


Ali junto de seu povo foi aclamado rei sobre a Tribo de Judá.


Junto às outras Tribos, Abner, que era primo de Saul e Comandante chefe do exército, proclama rei de Israel a Is-Bosete, o filho mais novo de Saul. O novo rei foi reconhecido, exceto por Judá, onde reinava Davi.


Houve uma batalha em Gibeom entre o exército de Israel, comandado por Abner, e o de Judá sob o comando de Joabe, filho de Zeruia, irmã de Davi - II Sm 2.12 a 17. Abner foi derrotado.


Ocorreram vários incidentes e Davi sempre soube se portar e suplantar os mesmos e isso foi muito importante no processo de restauração do reino.


Após um desentendimento entre Abner e Is-Bosete, Abner passou para o lado de Davi que lhe prometeu o comando de seu exército e Abner, em paga desta confiança, conquistaria a Israel.


Joabe estava desconfiado e receoso e antes de Abner começar a agir, traiçoeiramente o assassinou.

Davi amaldiçoou Joabe por seu ato traiçoeiro – II Sm 3.28-29. O momento era delicado e Davi não podia deixar que nenhuma dúvida pairasse sobre sua integridade.
Davi mostrou a sua consideração pelo general Abner, assistindo ao funeral e fazendo uma oração apropriada junto da sepultura - II Sm 3.33-34.

Is-Bosete morreu assassinado num dia de muito calor, em pleno meio-dia, quando dormia – II Sm 4.5-6. Assim se extinguiu a casa de Saul.

III – A MONARQUIA RESTAURADA

Tendo morrido Abner e Is-Bosete, os anciãos de Israel procuraram Davi e lembraram-lhe da promessa que o Senhor lhe fizera: “Então, todas as tribos de Israel vieram a Davi, a Hebrom, e falaram, dizendo: Eis-nos aqui, teus ossos e tua carne somos. E também dantes, sendo Saul ainda rei sobre nós, eras tu o que saías e entravas com Israel; e também o SENHOR te disse: Tu apascentarás o meu povo de Israel e tu serás chefe sobre Israel. Assim, pois, todos os anciãos de Israel vieram ao rei, a Hebrom; e o rei Davi fez com eles aliança em Hebrom, perante o SENHOR; e ungiram Davi rei sobre Israel. Da idade de trinta anos era Davi quando começou a reinar; quarenta anos reinou. Em Hebrom reinou sobre Judá sete anos e seis meses; e em Jerusalém reinou trinta e três anos sobre todo o Israel e Judá” – II Sm 5.1-5

CONCLUSÃO

Não havia razão para esperar mais. Ali estava o escolhido de Deus. Ali estava o líder de toda a nação. Davi coroado rei de Israel. O Reino estava unificado.

.

CONVITE:


Participe conosco da Escola Bíblica
Av. Áurea, 52 – Vila Helena
Santo André – SP
Aos sábados das 19.00 hs às 21.00 hs
.

abilicusvidanova@ig.com.br

Postar um comentário

CONVERSANDO COM DEUS - Jr 33:3