sábado, 21 de maio de 2011

LIBERTANDO-SE DA CANGA
















.
LIBERTANDO-SE DA CANGA
Pr. Abílio Carlos dos Santos

“Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve” – Mt 11.28-30

É um corre-corre... Gente batendo cabeça... Não ouvem conselhos.
Correm... Correm e não se chega a lugar algum.

O Senhor Jesus chama todas as pessoas que estão cansadas de sofrer sem nada conseguir... Chama para caminhar junto... Chega de caminhar sozinho.
“Venham... Eu vos aliviarei.”

Você sabe o que é canga do boi?

É disso que Jesus fala.

Jugo, ou canga, é uma trave de madeira que se coloca sobre o pescoço dos bois para puxar o carro ou o arado e, figuradamente, significa domínio, submissão. Na época de Jesus, por exemplo, a Palestina estava sob o jugo romano, ou seja, sob o domínio dos romanos. Jesus convidou-nos a aceitar suas diretrizes, comparando-as a um jugo e esclarecendo: "pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve" (Mateus 11,30). O Mestre vinha libertar-nos da ignorância e do erro.

Lá vai o carro de boi... Dois bois presos por uma canga... Um ao lado do outro... Um mais experiente e um mais novo... Um mais afoito e o outro tranqüilo... Para que um não saísse desesperado puxando a canga e ficasse super cansado, ali estava o “tranqüilo” a ensinar o “nervosinho”... Se não fosse o “tranqüilo” o que seria do “nervosinho”?

Aqui está o Senhor Jesus te chamando: Venha caminhar do meu lado... Eu te ensino, aprenda comigo, sou manso e humilde de coração... Toma o meu jugo que é suave e meu fardo que é leve e acharás descanso para sua alma.

É isso aí... Chega de quebrar cabeça...
Chega de canga... Venha para Jesus!

.
abilicusvidanova@ig.com.br
.
Postar um comentário