quinta-feira, 3 de setembro de 2009

FÉ E PERSEVERANÇA














FÉ E PERSEVERANÇA
Lucas 18.39

Pr. Abilio Carlos dos Santos


Este versículo refere-se ao clamor do cego Bartimeu, que vivia assentado à beira do caminho de Jericó, pedindo esmolas. Era uma pessoa limitada devido a sua deficiência física. Vivia triste, situação humilhante, pois esmolava à beira de uma estrada.

E nós? Muitas vezes estamos assim numa situação de limitação. Nossas forças e alternativas já se esgotaram e não conseguimos visualizar uma saída para a situação. E começamos a clamar e orar ao Senhor.
Oramos, oramos... E a resposta não chega. Parece que a nossa fé vai diminuindo. Muitos chegam a desistir.

Bartimeu clamava alto, as pessoas o repreendiam para que se calasse. Ele continuava a clamar. Grande exemplo de fé e perseverança. Ele não se importou com as “forças” contrárias e agiu com fé e pela fé, pedindo ao Senhor. E porque não desistiu, Jesus o ouviu e pediu que o trouxessem à Sua presença (v. 40). Então, Jesus lhe disse: recupera a tua vista; a tua fé te salvou (v.42).

A fé de Bartimeu o salvou daquela situação tão difícil. Não desistiu e alcançou a graça, a misericórdia do Senhor. Mesmo que as situações mostrem totalmente o contrário, não devemos nos intimidar nem desistir. Precisamos perseverar, insistir, persistir. “Ora, a fé é a certeza de cousas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem” - Hb 11.1

Um dos segredos para alcançarmos a vitória é não desistirmos.

Uma coisa não podemos esquecer: Sempre haverá a “oposição”... Não nos importemos com ela. Descansemos no Senhor... Busquemos o Seu agir.


“Senhor, fortaleça nossa fé, pois sem fé é impossível agradar a Ti”

.
abilicusvidanova@ig.com.br
Postar um comentário

TODA DOR SERÁ AMENIZADA