terça-feira, 29 de maio de 2012

MINHA ALMA TEM SEDE














MINHA ALMA TEM SEDE
Pr. Abilio Carlos dos Santos

“O Deus, tu és o meu Deus, de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água; Para ver a tua força e a tua glória, como te vi no santuário. Porque a tua benignidade é melhor do que a vida, os meus lábios te louvarão” – Sl 63.1-3

Acordo no meio da noite... Com sede...
Vou até a cozinha e bebo um copo de água.
A água refresca minha boca e sacia minha sede.
Como é bom beber um copo d’água!

E a minha alma?
A minha alma tem sede... Sede de Deus.

Davi escreveu o Salmo 63 quando estava no deserto fugindo de seu filho Absalão.

Deserto... Lugar quente, isolado, difícil...
Preciso de água, sombra, companhia... Preciso de descanso!
Davi era o Rei... Poderia ter tudo isso.

Uma fonte de água... Uma sombra para descansar... Uma companhia... Tudo isso é bom, mas a alma de Davi ansiava pela presença do Senhor. Sem a presença do Senhor nada é bom... Nada tem valor.

“Porque a tua benignidade é melhor do que a vida...” – Sl 63.3

A benignidade do Senhor é melhor que a vida, isto é, sem a presença de Deus a nossa vida não tem valor.
Precisamos mais e mais de Deus.
Precisamos buscá-lo de todo coração... E o acharemos.

“E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração” – Jr 29.13

Para achar Deus precisamos da presença de Jesus em nosso coração. O Senhor Jesus é a porta para chegarmos a Deus e mergulharmos em Suas águas – Jo 14.6

“Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim” – Jo 14.6

“Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna” – Jo 4.14

A presença de Jesus sacia a sede da nossa alma.

.
abilicusvidanova@ig.com.br

terça-feira, 22 de maio de 2012

ABSOLUTA CONFIANÇA EM DEUS

















ABSOLUTA CONFIANÇA EM DEUS
Pr. Abilio Carlos dos Santos

Dá para confiar em alguém nos dias atuais?

Somente confiamos em quem conhecemos e sabemos de seu caráter.
Deus é digno de confiança.
Sua palavra não volta atrás e suas promessas são cumpridas.
Confiar em Deus é totalmente diferente de confiar nas pessoas.
A confiança em Deus é a chave para recebermos suas promessas.

Ao ser chamado por Deus, Abrão deixou tudo para trás.
Deixou sua parentela, amigos...
Abrão estava com 75 anos de idade – Gn 12.1-5
Deixou tudo e confiou tão somente na Palavra de Deus.
“Deus tem Palavra”.

Abrão levou consigo seu sobrinho Ló.

Ló causou problemas na caminhada de Abrão.
Surgiu um conflito entre ambos e aconteceu a separação – Gn 13.7-11
Ló escolheu a melhor parte aos olhos humanos e Abrão ficou no prejuízo.
Abrão ficou em paz e não contendeu – II Tm 2.24
Confiou na justiça de Deus... Na justiça maior.

E Deus deu uma visão profética para Abrão – Gn 13.14-18

Ficou no prejuízo na visão humana, mas as promessas de Deus prosseguiram intactas... Abrão firmou sua fé na ótica divina.
Deus lhe ordenou: Levanta seus olhos e vê toda a terra a sua volta...
Não olhe para o prejuízo... Tenha confiança absoluta em Deus.
Através dessa visão e de sua fé Abrão foi abençoado por Deus todos os dias de sua vida.

O servo fiel tem absoluta confiança em Deus.

.

sábado, 19 de maio de 2012

NA COVA DOS LEÕES
















NA COVA DOS LEÕES
Pr. Abilio Carlos dos Santos

Leitura: Dn 6.16-17

"Então o rei ordenou que trouxessem a Daniel, e o lançassem na cova dos leões. Disse o rei a Daniel: O teu Deus, a quem tu continuamente serves, ele te livrará. Foi trazida uma pedra e posta sobre a boca da cova, e o rei a selou com o seu anel e com o anel dos seus grandes, para que não se mudasse a situação de Daniel." – Dn 6.16-17

O Senhor Jesus disse que passaríamos por aflições – Jo 16.33

A luta é travada. A luta prossegue em nossa vida o tempo todo.

Daniel estava no exilio, em Babilônia. Mesmo em terra distante servia a Deus fielmente.
Não se contaminou com os manjares do rei e não serviu aos deuses da Babilônia.
Vigiava e andava em retidão na presença do Senhor.
Daniel temia ao Senhor e era sincero de coração.

Por causa da sua fé Daniel foi lançado na cova dos leões.

Somos lançados em “covas de leões” todo o tempo.
“Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia” – Rm 8.36
O Senhor está sempre ao nosso lado – Mt 28.20

O Senhor fecha as bocas dos leões.

“Então Daniel falou ao rei: O rei, vive para sempre! O meu Deus enviou o seu anjo, e fechou a boca dos leões, para que não me fizessem dano, porque foi achada em mim inocência diante dele; e também contra ti, ó rei, não tenho cometido delito algum. Então o rei muito se alegrou em si mesmo, e mandou tirar a Daniel da cova. Assim foi tirado Daniel da cova, e nenhum dano se achou nele, porque crera no seu Deus” – Dn 6.21-23

“Quem anda em sinceridade, anda seguro" - Pv 10.9

Daniel nos deixou um belo exemplo de sinceridade e fidelidade a Deus.
Os invejosos se levantaram contra ele, ambicionando o sucesso que Deus lhe tinha outorgado...
Daniel preferiu servir ao Senhor a ser honrado pelos homens.
E nós? Conservemos nossa consciência tranquila ao sermos perseguidos e caluniados. Não há defesa melhor que a verdade e a sinceridade.

O Senhor é o Libertador de Israel... Ele fecha as bocas dos leões.


.

terça-feira, 15 de maio de 2012

SEJA FIEL... VALE A PENA














SEJA FIEL... VALE A PENA
Pr. Abilio Carlos dos Santos

Tudo tem um preço.

Quanto custa? Para frequentarmos uma faculdade, construirmos uma casa, adquirir um carro do ano...? E tantas outras coisas na caminhada da vida? É necessário muito empenho para adquirir, quitar a divida e possuir a Escritura registrada em cartório. Muitas pessoas dão os primeiros passos e tropeçam... Não conseguem caminhar até a vitória.

Na carreira cristã muitas pessoas iniciam bem e depois mudam o rumo e acabam sem certeza de salvação.

Quanto custa ser um servo de Deus?

Há um custo para ser um servo de Deus... Um servo de Deus fiel.
Muitas pessoas recebem a Palavra de Deus com alegria e depois de algum tempo se afastam do Caminho e voltam para o caminho antigo... Voltam para o pecado.
O Caminho da vida eterna é um caminho estreito e apertado – Mt 7.14
“Estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem” – Mt 7.14

O Senhor Jesus nos prometeu a coroa da vida, mas antes da coroa vem a cruz.

“Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me” – Lc 9.23
“Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida” – Ap 2.10

Temos que seguir a Jesus de perto.

Pedro seguiu a Jesus de longe. Se Pedro tivesse permanecido perto de Jesus a sua negação não teria acontecido... Ao ver o rosto de Jesus percebeu o que tinha feito – Lc 22.54-62

O jovem rico recusou seguir a Jesus.

O resultado de sua recusa: Afastou-se com tristeza – Lc 18.22-23
O resultado da recusa é a tristeza, no entanto o resultado de seguir a Jesus, por mais árduo que seja a caminhada, sempre é a alegria.

Nessa caminhada cristã... Dia a dia... Temos que vigiar em todo o tempo.
Estamos em território inimigo... Temos que estar atentos...
Temos que vigiar nossa conduta, com quem andamos, onde frequentamos.
Cuidado com o que falamos, com o que pensamos, com o que imaginamos...
Somos bombardeados pelo inimigo em todo o tempo.
Temos que vigiar, olhar e orar.
Devemos ler e meditar a Bíblia diariamente.

Não podemos ser preguiçosos...

“A alma do preguiçoso deseja, e coisa nenhuma alcança, mas a alma dos diligentes se farta” – Pv 13.4

Anima-te... Já estamos chegando... Seja fiel, vale a pena!

abilicusvidanova@ig.com.br


sexta-feira, 11 de maio de 2012

OFERTA MALIGNA
















OFERTA MALIGNA - Gn 25. 29-34
Pr. Abilio Carlos dos Santos

A hora da necessidade é a hora da oportunidade para a tentação.
Há dois tipos de carência: Real e  imaginária – a legítima e a falsa.
Nessa hora o inimigo apresenta uma proposta tentadora com uma solução imediata...
É a oferta do inimigo... Qual é o preço? Qual a consequência?... Não se sabe.

Esaú cedeu à tentação vendendo seu direito de primogenitura no momento da fome.
Precisava saciar sua fome... O preço era muito alto.
Por que não deixar para comer mais tarde? Mas o prato já estava pronto a seu dispor.
Para suprir a sua necessidade que era legítima aceitou a oferta maligna.
Cuidado... As ofertas malignas surgem diante de nós a todo instante.

Quantas transgressões, quanto pecado... Tanta violência e até morte...
As pessoas querem solução fácil e rápida.
Este é o tipo do prato que o inimigo coloca à disposição de todas as pessoas.

Cuidado com as falsas necessidades.
Muitas pessoas ficam envolvidas com falsas necessidades...
Laços diabólicos... Propagandas enganadoras...
Em seguida vem o aperto financeiro e muita dor de cabeça.

Vivemos na sociedade do prazer e do imediatismo.
O inimigo é especializado em apresentar rapidamente o que precisamos e o que não precisamos...
Pensamos que precisamos... É imaginário.
Cuidado com o “falso pão”...

Alguém come pedra achando que é pão... Não consegue digerir.

Deus fala... O pastor fala... A Bíblia fala...
O papai e a mamãe falam...
A consciência fala e alerta...
O mal parece inofensivo!

É preciso vigiar e dizer não às ofertas malignas.
É preciso esperar no Senhor.
É preciso esperar a hora certa.

Deus supre todas as necessidades – Fp 4.19


.

TODA DOR SERÁ AMENIZADA